Home » » Sexo casual

Sexo casual


Cada vez mais, as mulheres insatisfeitas no casamento se rendem ao sexo casual
Os parceiros casuais geralmente são aqueles que têm os mesmos hábitos ou que eventualmente se atraem pelo aventureiro. Comumente esses indivíduos também são escolhidos para o sexo casual por apresentarem características como boa aparência, descontração e alegria. Essas pessoas visam apenas o prazer e não possuem o desejo de estabelecer um relacionamento sério.
“O problema é que muitas mulheres ainda se comportam de acordo com regras de uma sociedade com visão moralista da sexualidade feminina”, afirma Alexandre Saadeh, psiquiatra do Hospital das Clínicas e professor da PUC-SP. “A mulher sexualmente liberal infelizmente ainda é vista por alguns homens como galinha”, completa.
Sexo sem compromisso é cada vez mais natural para as mulheres solteiras e casadas. Conheça alguns cuidados que você deve tomar para deixar a noite mais quente e segura, mesmo sem tanta intimidade com o gato.

· Sempre use camisinha e evite o sexo oral desprotegido.

· Cuidado para não exagerar na bebida. A ressaca moral pode ser terrível.

· Não tenha medo de dizer o que curte. Pode ser a única vez em que você encontrará o gato. Aproveite!

· Evite parceiros do seu local de trabalho para se preservar de possíveis comentários machistas.

· Sem muita intimidade, a melhor maneira de atingir o orgasmo é abusar das fantasias e dos estímulos.

· Prefira um local neutro, como hotel ou motel, que não seja muito afastado.

· Avise uma amiga antes de partir para os lençóis com um desconhecido. Ligue depois para dizer que tudo rolou bem.

· Não se exponha contando detalhes de sua vida pessoal ao gato. Um pouco de privacidade é aconselhável, afinal o mundo é pequeno.

· Não espere que ele peça seu telefone ou mande um buquê de rosas no dia seguinte. Viva o momento sem expectativas futuras.
Dicas para você fazer sexo casual sem culpa
Drible os dilemas do sexo casual e pratique sem se sentir culpada
Você sente que da próxima vez que encontrar aquele paquera, seu ex ou um amor secreto, não vai dar para segurar e o destino será o apê dele. Quem sabe um motel. Mas, embora queira - e muito! - se divertir, fica insegura. Do livro Como Enlouquecer Seu Homem (mesmo!), da Publifolha, destacamos quatro dilemas bem comuns:

Será que ele vai pensar que sou fácil?
Se a possibilidade existe, esqueça esse cara. Você corre o risco de deixar de fazer o que quer (o que é péssimo) ou de ficar com alguém que vai espalhar que é atiradinha demais (o que também é péssimo).

Estou me achando gorda, ou magra demais, ou com celulite
Não encane com isso, não. E por acaso o seu pretê tem o corpo tão perfeito assim? Uma boa saída: apague a luz. E mentalize o mantra "Ele também tem barriga, ele também tem barriga!".

O que fazer na despedida?
Se ele falar que quer sair de novo, ótimo. Se não disser nada e você quiser repetir a dose, respire fundo e fale! Nada pior do que ouvir a frase "A gente se vê".

E se ele não ligar no dia seguinte?
Homens geralmente não telefonam. Mas isso não a impede de ligar. E tirar a dúvida se quer vê-lo de novo. 
5 mandamentos do sexo casual

Dicas para você se entregar ao sexo casual sem medo


Para quem faz sexo sem compromisso - ou está pensando em fazer, é válido seguir algumas regrinhas básicas para não se confundir e nem confundir o gato. Confira algumas dicas para levar o sexo casual numa boa:

1. Na primeira noite, diga logo que não quer se envolver. Se o cara está em busca de amor, já pula fora!

2. Nunca leve um homem para transar na sua casa. Prefira ir a um motel para não criar vínculos nem ter seu espaço invadido.

3. Não saia com o mesmo homem mais de três vezes seguidas. Desse jeito, você não se envolve.

4. Sempre que sair com um desconhecido, avise alguém da família ou amigos. Melhor não correr riscos, né?

5. Leve camisinha na bolsa. Assim, não tem perigo de descobrir que o homem está desprevenido na hora H.


Sexo é sempre bom, mas muitas mulheres ainda repudiam esse tipo de entrega, pois gostam de ter confiança na pessoa que esta prestes a fazer sexo. Já para outras o grande atrativo está em entregar-se a um desconhecido sem a necessidade de compromisso, ou seja, curtir o momento. Muitas mulheres saem com objetivos traçados em relação ao sexo oposto. 
"Fundamental é que a mulher esteja ciente dos riscos, das vantagens e desvantagens. Se ela sabe das conseqüências e está a fim, por que não? Sexo é mera expressão de um desejo natural, do qual não há porque se envergonhar", resume a psicóloga sexual Maria Helena Vilela.
Sexo casual e relacionamento sem compromisso podem fazer bem, mas é preciso saber o que se quer e onde pisa para evitar maiores apegos a pessoa. Chega uma hora que a pessoa quer algo concreto, não adianta estar com alguém para se divertir e, quando realmente precisa de companhia, estar sozinho. O sexo casual é inimigo da intimidade. O problema maior é quando uma das partes começa a se apegar à outra. Isso pode não ser recíproco e a pessoa passará a se sentir usada.
Portanto é imprescindível que você pense muitas vezes antes de cair na tentação do sexo no primeiro encontro. Esteja sempre consciente dos prós e contras de um relacionamento puramente casual. E não esqueça: USE SEMPRE CAMISINHA!
E para vocês, experiências casuais são bem vindas ou não?
Fonte: Bolsa Mulher.

  • 1
    Qual a melhor maneira de abordar a pessoa para o sexo?
    A mulher deve se mostrar sexualmente aberta para facilitar o convite. Demonstra que está com vontade, como mordendo o lábio ou a orelha do homem, passando a unha nas costas dele... Isso é mais elegante do que dizer que quer ir embora para fazer sexo.
    O homem deve ser ousado e não ficar esperando a mulher manifestar alguma vontade. "Passe a mão na bunda ou no peito dela, de forma discreta. Vai testando para saber até onde ela deixa você ir. Se for um lugar muito movimentado, em vez de colocar a mão nas áreas íntimas, encoste o bumbum dela em seu pênis. Mande indiretas do tipo: 'Será que a gente pode continuar isso em outro lugar?'", sugere Guilherme.
  • 2
    Deve acontecer em casa ou em um motel?
    Para que a coisa aconteça, as pessoas devem estar confortáveis. Se o parceiro é legal e a sua casa está liberada vá para lá, porque é um ambiente muito mais confortável. Mas, antes, avalie se vale a pena expor a sua vida para esta pessoa, afinal ela saberá onde você vive e outras coisas mais. "Se o cara mora com um amigo ou com a família, o ideal é ele levar a mulher para um motel para ela se sentir mais à vontade", sugere Guilherme. 
  • 3
    Dorme junto ou vai embora depois do sexo?
    "É uma questão muito pessoal. Às vezes o sexo é muito gostoso e a vontade é de ficar junto a noite toda. Se for uma mulher ou um cara com que você só está a fim de fazer sexo e não vai querer ver mais, não tem porque dormir junto. Leve-a (o) para casa ou peça um táxi. Há ocasiões também em que, mesmo gostando do sexo, a mulher pode preferir ir embora, para no dia seguinte não ter que sair na rua com roupa de noitada e maquiagem", diz Guilherme.
  • 4
    Vale tudo?
    É uma questão de conforto. Se você se sentir à vontade, pode rolar de tudo. Se a pessoa está disposta a fazer sexo casual é porque quer experimentar coisas novas, quebrar paradigmas, então por que não aproveitar e ir um pouco além?
  • 5
    É preciso ligar no dia seguinte?
    Depende da sua intenção em relação à outra pessoa. Se você queria somente sexo, não deve ligar nem mandar mensagem, porque isso reforça um vínculo. Agora, se existe interesse em encontrar mais vezes, pode ligar sim. "No caso de a pessoa querer mais e você não, vá enrolando. Fale ao telefone como um amigo, adie a saída, até chegar um momento que ela irá desistir", diz Guilherme.
Fonte: http://gnt.globo.com/



 
Support : Copyright © 2015. Celebrity Update - All Rights Reserved